segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Mar


Perco-me a olhar o mar.

Onde quer que esteja, onde quer que vá.

Acalma-me saber que nos une, como o céu.

Num estado alteroso, ou numa calma maresia.

6 comentários:

  1. Que simplicidade única! Escreves muito bem, gosto imenso

    ResponderEliminar
  2. Olá!

    Esta minha visita "relâmpago" vem dar a conhecer uma iniciativa de Natal que visa OFERECER um elevado número de prendas, que temos angariado, ao maior n. possível de blogger's e gfc que se inscrevam. (Não é vender, nem trocar prendas. É oferecer.)

    É só isto: inscreverem-se! (Até dia 30 de Novembro).

    Já temos dezenas de prendas e gostávamos de levar um sorriso e um "miminho" ao maior número de nós, bloggers, que "convivemos" todo o ano e partilhamos alegrias e tristezas neste mundo que é a blogosfera.

    Foi tendo isso por base que surgiu a ideia: levar sorrisos e esperança a todos quanto estão a passar fases menos boas na vida com a crise que vivemos.

    Um beijinho,

    Belle du Jour

    http://arvore-natal-blogosfera.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Tem o mesmo efeito o mar e no meu caso a chuva.
    Parabéns pela escrita e pela imagem.

    beijinhos e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A chuva também me é especial. Deve ser a água.
      Obrigada pela simpatia.

      Eliminar

Junta-te à conversa!