segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Lixo


Sempre associei uma pessoa que atira lixo para rua como sendo mais velha.

O senhor com os dedos escurecidos e bigode farfalhudo que lança a beata ao chão sem reparar no cinzeiro de rua mais à frente.

A senhora de cabelo grisalho e carrapito vestida de preto que limpa a sua carteira de talões da mercearia e papéis de rebuçados para a tosse na paragem do autocarro.

Talvez porque enquanto andavam na escola não foram instruídos, não havia a preocupação com o ambiente. Simplesmente porque sempre o fizeram e nunca pensaram.

O certo é que estava redondamente errada.

Cada vez mais vejo adolescentes a deixar o plástico das pastilhas no passeio, as próprias pastilhas...

Não compreendo.

Poderia atribuir a necessidade de rebeldia típica da idade e o querer quebrar as regras, quaisquer que sejam essas. Mas no fundo é pura estupidez e falta de bom-senso.

8 comentários:

  1. Eu tenho tanto cuidado com a reciclagem que fico passada quando os meus filhos adolescentes atiram um papel ou uma pastilha para o chão. Simplesmente não entendo como esta geração trata da Sua terra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com toda a informação e educação também não percebo.

      Eliminar
  2. Irrita-me tanto esse comportamente das pessoas!!! Ainda no outro dia, uma pitinha atirou o papel da pastilha para o chão e o caixote mesmo ao lado dela!! E eu, que me passo com estas coisas, disse logo á menina "olha, deixaste cair" - apanhou o papel, mas com um ar de frete... o qué que custa??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi sorte não teres levado com uma resposta torta.
      Não custa nada e é para o bem de todos.

      Eliminar
  3. As maneiras são coisas ultrapassadas na cabeça da maioria das pessoas! A mim faz-me um bocado de (para não dizer muita!!) confusão a estupidez que grassa por aí!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há atitudes cívicas que simplesmente já os dou como dados adquiridos. Ando enganada...

      Eliminar

Junta-te à conversa!