segunda-feira, 8 de março de 2010

Nevoeiro



Hoje estou assim.
Na minha cabeça está um nevoeiro cerrado.
Daquele que custa avançar, que a cada passo a alma gela.
Daquele que dá medo prosseguir o caminho.
Onde olhamos para cima e não vemos aquilo que queríamos porque não conseguimos ver nada.
Onde parece que estou a viver num estranho sonho, num cenário e tempo desfasado. No entanto, apesar de não nos situarmos, sabemos que inevitavelmente vai acontecer alguma coisa. O levantamento deste nevoeiro ou a queda.

2 comentários:

  1. Ninguém vai cair... Eu estou aqui... :-)

    Beijinhos *A. A.

    ResponderEliminar

Junta-te à conversa!